ATENÇÃO MULHERES!! CUIDADO COM O USO DE TESTOSTERONA! PODE MATAR!!

Acg

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

.Continuamos a recomendar contra fazer um diagnóstico de síndrome de deficiência androgênica em mulheres saudáveis, porque há uma falta de uma síndrome bem definida, e dados correlacionando níveis de andrógenos com sinais ou sintomas específicos não estão disponíveis.
Nós recomendamos contra o uso geral de T para as seguintes indicações: * infertilidade; disfunção sexual além do distúrbio do desejo sexual hipoativo; cognitivo, cardiovascular, metabólico ou saúde óssea; ou bem-estar geral.
* Recomendamos contra o uso rotineiro de dehidroepiandrosterona (DHEA) devido a dados limitados sobre sua eficácia e segurança em mulheres normais ou com insuficiência adrenal.
* para o tratamento de mulheres com baixos níveis de andrógenos devido ao hipopituitarismo, insuficiência adrenal, menopausa cirúrgica,administração farmacológica de glicocorticóides, ou outras condições associadas a níveis de andrógenos porque há dados limitados que apoiam a melhora dos sinais e sintomas com terapia e sem estudos de risco a longo prazo.
Evidências corroboram a eficácia e segurança a curto prazo de altas doses fisiológicas do tratamento T da menopausa mulheres com disfunção sexual devido ao transtorno de desejo sexual hipoativo. Importante, endógeno. REPETINDO: A TESTOSTERONA REFERIDA É A QUE A PESSOA PRODUZ. O AUTOR NÃO TÁ FALANDO QUE REPOR OU MODULARGH SEJA ALGO RECOMENDÁVEL.
Os níveis de T não previram resposta à terapia. Atualmente, preparações fisiológicas (fujam de termos como bioidênticos) em T para uso em mulheres não estão disponíveis em muitos países, incluindo os Estados Unidos, e os dados de segurança a longo prazo são em falta. Recomendamos que qualquer mulher em tratamento com T seja monitorada quanto a sinais e sintomas de excesso de andrógeno.
Nós delineamos áreas para pesquisas futuras. Melhoria contínua nos ensaios androgênicos permitirá uma redefinição de intervalos normais ao longo da vida; isso pode ajudar a esclarecer o impacto de diferentes concentrações plasmáticas de andrógenos na biologia, fisiologia e psicologia em mulheres e levar a indicações de intervenções terapêuticas.
.
Resumo: quem usa hoje em geral é por finalidade estética. Em 5 anos virá o remorso.
Instagram @drmarcelotinoco

 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Comentários
Carregando...