‘BBB 19’ naufraga e consegue ser um dos piores da história

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Pense rápido e diga o nome de cinco integrantes da atual edição do ‘Big Brother Brasil’?

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Quatro? Tá, para facilitar: três?

Veja Também

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Sim. Pode ser que você não saiba, mais o ‘BBB 19’ está no ar há quase dois meses.A pasmaceira que tomou conta da edição atual fez o reality da Globo praticamente desaparecer das rodas de conversa e das redes sociais.

O reality comandado por Thiago Leifert não repercute, não polemiza, não rende… Ninguém fala do ‘BBB’ no trabalho, na escola, na academia.

Não há barracos, casais amados nem odiados, triângulos amorosos, vilões sádicos, nem gente polêmica, nem gente divertida.

Os poucos sem noção que lá entraram trataram de ser rapidamente eliminados, reforçando o gosto de mousse de chuchu que domina o programa desde a sua estreia, em 15 de janeiro. Será que pingaram Rivotril na piscina do ‘BBB’?

E olha que as tentativas de colocar ‘fogo no parquinho’ do Boninho são grandes!

São jogos da discórdia, paredões falsos, comentários racistas,  provocações por parte do apresentador… A Globo faz de tudo para desestabilizart os confinados, mas o clima de ‘paz e amor’ que tomou conta do elenco ‘carvão molhado’ da vez é maior que qualquer brasa acesa.

O resultado desse time soneca é visto nos baixos índices de audiência e percebido nas redes sociais. Ou melhor, não é percebido.

O ‘BBB19’, que tem por natureza a repercussão nas mídias sociais, não bomba no Twitter, no Face e no Instagram como as edições passadas.

Segundo dados obtidos com exclusividade pelo KTV com uma empresa que afere a performance de marcas nas redes sociais, o ‘BBB 19’ perdeu relevância em comparação à edição passada.

Nas seis primeiras semanas de programa no ar em 2018, o perfil de ‘BBB 18’ no Facebook recebeu mais de 15,5 milhões de interações. Já nas seis primeiras semanas de programa no ar em 2019, o perfil recebeu menos de 1/3 do engajamento, com apenas 4,6 milhões de interações.

A base de fãs do perfil de ‘Big Brother Brasil’ no Facebook tem crescido muito menos também em 2019. Enquanto em 2018 o perfil ganhou mais 490 mil novos fãs durante as seis primeiras semanas de programa, em 2019 esse número é pouco maior que 50 mil.

No Instagram, a base de seguidores do perfil do ‘BBB’ cresceu menos que em 2018.

No ano passado, o programa ganhou mais de 1 milhão de novos seguidores em seu perfil do Instagram nas seis primeiras semanas no ar

Já em 2019, esse número é apenas pouco mais que a metade, com cerca de 550 mil novos seguidores.

No Twitter também são poucas as postagens da edição atual que chegam aos trending toppics. O ‘BBB 18’ ficou quase três meses emplacando no trending topics mundial (assuntos mais comentados na rede social) nos dias de eliminação dos competidores.

Flopado, o “Big Brother Brasil 19” já registra um dos piores desempenhos em ibope desde que estreou na Globo, em 2002.

De acordo com números aferidos pelo Kantar Ibope na Grande São Paulo, a média do programa está na casa dos 20 pontos, uma das mais baixas da história da atração.

Os acessos via GloboPlay e as compras de pay-per-view também passam longe dos números da edição anterior.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Send this to a friend