fbpx

Conta de luz deve aumentar mais de 11%

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje, 12/3, o aumento na conta de luz dos cariocas, os clientes da Light irão arcar com um alta de 11,52% nas tarifas residenciais, 10,2% as industrias. As altas já começam a valer para a 6ª feira.

As altas são maiores que a inflação. No acumulado de 12 meses até fevereiro, o índice oficial é de 3,89%. E a alta vem seguindo em média 9% em 2017 e 2018, com exceção de 2016 que houve uma queda de 12%, em uma ação duvidosa de Dilma, em 2015 houve um aumento de quase 16% e em 2014 de 17,75%. Ou seja, se somar isso aí esta muito acima da inflação no período.

De acordo com o informe da Aneel, o índice de reajuste foi influenciado pelo impacto do risco hidrológico na gestão da aquisição de energia, com a compensação dos valores de compra de energia não considerados no valor médio concedido na tarifa (CVA Energia) definida no último processo tarifário. Ou seja, a distribuidora teve ao longo do ano passado custos mais altos do que o previsto na tarifa para aquisição de energia, e que foram incorporados ao processo tarifário deste ano.

Abaixo, a composição das tarifas da Light, com tributos:

Veja mais

Ok, mas se pensar que atualmente uma conta de uma família de classe média está chegando fácil aos R$ 1.000,00, e com as contas subindo e o salário mantendo na mesma, vai ser difícil pagar no final do mês. Especialmente com estas péssimas explicações. Ou quem sabe o governo não poderia rever estes mais de 35% de imposto e ajudar o contribuinte a ter alguma renda no fim do mês.

Comentários
Carregando...