fbpx

Mãe do assassino desabafa sobre o filho: ‘E o bobão faz isso?!’

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Especulações e boatos não param de circular sobre o atentado que deixou 10 mortos em Suzano ontem (14), incluindo os atiradores. Até onde se sabe, o atentado estava sendo planejado a pouco mais de um ano.

Antes de chegar a escola, Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, 25, assassinaram o tio de Guilherme em um lava-rápido, ao entrar na escola, filmagens e gravações dos alunos mostram que Guilherme atacou as vítimas com um machado e também com uma ‘besta’ (arma que utiliza flechas como munição).

Diante disso tudo, a mãe de Guilherme chorava inconformada por todo o contexto da situação. Ao visualizar seu filho agora denominado como assassino, a mulher disse a repórteres.

‘Como é que pode meu filho ser chamado de assassino? Meu deus? Isso é chocante.” Logo após ela se corrige: ”Mas, do que é que vão chamar ele, se ele matou essa gente toda na escola?“, completou.

Veja mais

Homem diz ter achado rato em lata de refrigerante

Veja os 10 inquéritos contra Michel Temer

A mãe ainda contou sobre a surpresa que foi ao chegar até a escola em que houve o atentado e descobrir que foi o seu filho o responsável pelo ocorrido. Muito abalada, ela revela que o seu filho tinha de tudo em casa, e que não entende o que incentivou Guilherme a assassinar profissionais e alunos no colégio. ”Ele tinha internet, Tv acabo, tinha tudo, e o bobão faz isso? Estou com muita raiva de tudo”, declarou a mãe de Guilherme, que continuou se questionando sobre o caso.

Os dois assassinos já foram enterrados hoje (14). No ginásio foi realizado o velório coletivo das vítimas do atentado. O prefeito de Suzano declarou três dias de luto na cidade.

Comentários
Carregando...