fbpx

Menina de 8 anos é morta a facadas; primo de 17 anos confessou o crime

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Nesta última quinta-feira, dia 11, um crime bárbaro deixou Guaíra, no oeste do Paraná, em choque.  Todos ficaram surpresos quando souberam que uma menina de apenas 8 anos foi morta a facadas e o primo de 17 anos confessou que era o culpado pelo crime.

A criança que estava desaparecida, foi encontrada já sem vida dentro de um saco plástico. A população ficou revoltada com a barbaridade do crime. De acordo com a Polícia Civil, um familiar já havia informado sobre o desaparecimento da menina e disse que a família toda estava preocupada e já havia entrado em contato com vizinhos, familiares, mas ninguém sabia dela.

Policiais foram até a residência da família e durante uma varredura no imóvel encontram o corpo dentro de um saco de lixo. Até os policiais ficaram chocados com a cena. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Toledo.

Depois que o primo da vítima, de 17 anos, assumiu a autoria do crime, o pai dele saiu em defesa do filho e por causa da atitude perante os policiais, os dois acabaram sendo presos. A polícia acredita que após a menina ser morta, o pai do adolescente levou o corpo para o quintal e depois foi com ele para o banheiro da casa, por isso está sendo acusado de ocultação de cadáver.

A Polícia Civil acredita que ambos têm problemas psiquiátricos, mas serão submetidos a exames e os especialistas nesta área é que irão determinar.

Vale ressaltar que o jovem que se encontra na delegacia do município só poderá ficar detido pelo período máximo de 5 dias e este é o tempo que o Ministério Público do Paraná terá para encontrar algum centro que tenha vaga para que o primo da vítima possa ser internado.

Comentários
Carregando...