fbpx

Mulher é morta a facadas pelo marido na frente do filho e do primo

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A esteticista Lucilene Galdino de Albuquerque, de 50 anos, foi morta a facadas na noite deste domingo, em Itapipoca, no Ceará. O marido dela, identificado como Antônio Maria Rodrigues Ferreira Pessoa, de 42 anos, foi preso em flagrante pelo feminicídio e foi autuado também por tentativa de homicídio, pois desferiu golpes de faca no filho da vítima e em um primo dela. Mais dois feminicídios ocorreram no país no mesmo dia. Um foi registrado no Paraná, na madrugada, e outro em Mato Grosso do Sul, de noite.

Uma equipe da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) e outra da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) estiveram na residência, no bairro Coqueiro, onde realizaram os primeiros levantamentos e apreenderam duas facas usadas no crime.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS-CE), Antônio Maria, preso por policiais militares da Força Tática, não possuía antecedentes criminais. Ainda não há informações sobre a motivação dele para matar a mulher.

Os feridos foram socorridos e encaminhados ao hospital.

Na última sexta-feira, Dia Internacional da Mulher, Lucilene publicou em seu perfil do Facebook que estava feliz. “Deus me fez uma mulher resolvida, assumida e realizada, poderosa de Jesus!”, escreveu. “Feliz dia das mulheres, minhas clientes maravilhosas”.

Vítima fez post sobre o Dia Internacional da Mulher
Vítima fez post sobre o Dia Internacional da Mulher Foto: Facebook/Reprodução

Amigos e parentes da vítima deixaram mensagens de luto nas redes sociais.

“Tia Lucilene Galdino Albuquerque, será assim que vou lembrar de você, uma mulher de garra, muita fé, uma leoa em defesa dos seus filhos, uma profissional talentosa, que Deus conforte o coração dos nossos familiares”, afirmou uma pessoa na rede social.

“Ainda ontem (domingo) a gente conversou tanto, da sua vida, da minha, dos nossos projetos até mesmo do seu casamento… E você partiu para os braços do Pai de uma forma tão trágica, mais os desígnios de Deus só ele sabe”, disse um amigo.

Mais dois casos de feminicídio no mesmo dia

Outros dois feminicídios ocorreram neste domingo no país. Uma mulher foi morta, também a facadas, em Ponta Grossa (PR), na madrugada deste domingo. Assim como a esteticista, a jovem Lidiane Oliveira, de 24 anos, não estava sozinha em casa. A mãe dela, de 60 anos, tentou ajudá-la, mas foi esfaqueada pelo namorado da filha, identificado como Jhonatan Campos, de 22 anos. Ela está internada no Hospital Regional da cidade, segundo o delegado Nagib Palma. A estudante, porém, não resistiu aos ferimentos e já foi encontrada morta pela equipe de emergência. Ela havia registrado queixa contra Jhonatan cerca de uma ou duas horas antes. Agentes da 13ª Subdivisão Policial (SDP) realizam diligências para localizar o autor do feminicídio.

No município de Caaraó, em Mato Grosso do Sul, Carla Sampaio Tanan, de 36 anos, foi atropelada deliberadamente pelo namorado, com quem estava há dois anos. Segundo o delegado responsável pelas investigações, Anezio Rosa de Andrade, o casal havia discutido numa festa de aniversário infantil, por volta das 20h, porque a vítima estava dançando. O autor do crime, identificado como Thiago Belastorre, de 29 anos, nem tentou fugir. Ele foi preso e não esboçou qualquer arrependimento.

Comentários
Carregando...