Políticos se manifestam sobre desabamento na Zona Oeste

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Assim que surgiram as notícias sobre o desabamento na Muzema, na manhã desta sexta-feira, rapidamente o nome da comunidade da Zona Oeste do Rio se tornou um dos nomes mais comentados da Internet. Políticos engrossaram o coro pra que o “Muzema” figurasse entre os assuntos mais falados. A grande maioria deles criticou o domínio da milícia na região.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Anúncio vendia apartamento em prédios que caíram na Muzema por quase R$ 50 mil

Confira algumas reações de políticos!

MARCELO FREIXO (deputado federal pelo Psol-RJ)

Toda solidariedade às famílias da Muzema. Aquela é uma área dominada por milícias, que grilam terras e constroem prédios de forma ilegal. Esse é o resultado do Estado leiloado à máfia miliciana. Quem sofre são as famílias pobres.

TALÍRIA PETRONE (deputada federal pelo Psol-RJ)

Acordamos com a notícia do desabamento de dois prédios na Muzema, Zona Oeste do Rio. A área é controlada por milícias, que grilam os terrenos, constroem de maneira irregular e vendem para a região. Esse poder paralelo, com braços no Estado, só deixa a população mais vulnerável!

DANI MONTEIRO (deputada estadual pelo Psol-RJ)

Os desabamentos na Muzema são consequências catastróficas de um Estado que se exime de cumprir seu papel, garantindo moradia e segurança. Não podemos naturalizar as péssimas condições de vida e o poder paralelo na ZO. Minha solidariedade aos atingidos!

TARCÍSIO MOTTA (vereador pelo Psol-RJ)

De quantas tragédias vive uma cidade? Toda a nossa solidariedade aos moradores da Muzema.

MARIA DO ROSÁRIO (deputada federal pelo PT-RS)

Luto. Força e solidariedade às famílias, mulheres, crianças, idosos, seres humanos soterrados em desabamento no Rio. Aos bombeiros, gratidão novamente. É de chorar saber que eles pedem silêncio ao redor dos escombros para ouvirem vítimas.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

BOHN GASS (deputado federal pelo PT-RS)

Vou repetir: se a polícia “puxar os fios” dos desabamentos de prédios na comunidade da Muzema, na Zona Oeste do Rio, o tamanho da “meada” vai deixar muita gente de cabelo em pé. Por trás disso tem a milícia. E por trás da milícia…

GUILHERME BOULOS (Psol)

Lamentável tragédia na comunidade da Muzema, no Rio. Dois mortos e 17 desaparecidos até agora. Nossa solidariedade às famílias. É necessária uma investigação urgente. Tudo indica que os prédios foram construídos pela milícia, sem autorização, e que há outros nessa situação.

A tragédia da Muzema mostra o que acontece quando a milícia se encontra com a especulação imobiliária. Essa máfia tem que ser desbaratada. São 60 prédios na mesma situação. A investigação precisa chegar nos mandantes: quem está por trás das milícias do Rio de Janeiro?

CHICO ALENCAR (Psol)

Na mesma semana, a comunidade da Muzema é devastada pela forte chuva e por dois desabamentos de prédios irregulares controlados pela milícia. Essa sentença de morte a que pobres e periféricos estão condenados precisa ter fim.

ÁLVARO DIAS (Podemos)

Verdadeiros heróis que sempre nos orgulham e nos fazem acreditar em dias melhores!

WILSON WITZEL (governador pelo PSC-RJ)

Estou acompanhando com preocupação o desabamento de dois prédios na comunidade da Muzema, na Zona Oeste, nesta manhã. Rezo para que não haja vítimas entre os escombros. Nossos heróis bombeiros já estão trabalhando no local.

Infelizmente já há mortos e feridos vítimas do desabamento da Muzema. Situação lamentável, que acompanho com atenção. Nossos bombeiros, como sempre, fazendo seu melhor.

MARCELO CRIVELLA (prefeito pelo PRB-RJ)

Estamos na comunidade da Muzema, Zona Oeste do Rio, onde duas edificações caíram. Essas edificações estavam em loteamento irregular. A Prefeitura do Rio já havia comunicado ao Ministério Público e tentado interditar, mas infelizmente, uma liminar judicial impediu a demolição desses prédios e as obras continuaram.

Estamos aqui com a nossa equipe trabalhando para tentar resgatar as pessoas dos escombros. Fica para todos nós uma lição: quando a prefeitura alertar sobre esses riscos, vamos dar ouvidos para que isso não aconteça nunca mais.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Send this to a friend