fbpx

Silvio Santos seria mentor de Jair Bolsonaro, diz jornalista

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Os primeiros dias do governo de Jair Bolsonaro têm sido intensos. E o presidente ganhou um novo conselheiro, ou melhor, um novo mentor. Embora “novo” não seja a palavra certa, trata-se de Silvio Santos.

 

Calma, não é que o homem do baú esteja, de fato, aconselhando o presidente. Contudo, com as medidas polêmicas, os posicionamentos do presidente no twitter e setores internos se desmentindo em suas próprias informações, a impressão que é passada, de uma forma geral, é a de desorganização e de improviso, algo que em muito lembra o SBT.

 

Duas novelas depois, Paolla Oliveira troca namorado por diretora

 

Mas a associação não foi feita pelo O Canal e sim por Mário Rosa e Alon Feuerwerker, comentaristas de política do Youtube, especificamente do canal Poder360. O comentário mais direcionado ao dono do baú saiu da boca de Rosa, no Análises de Poltrona, programa que foi ao ar após 8 dias de governo Bolsonaro.

Veja mais

PABLLO VITTAR É PRESO POR TRAFICO DE DROGAS NO RJ

Garota de 13 anos é espancada até a morte por ciúmes

Mário chamou atenção para o fato de que quase tudo que acontecido no governo segue um esquema que parece orquestrado por Sílvio Santos. O dia começa com um clima ameno, com o presidente falando coisas bonitas e que deixa todos os que acreditam em seu governo com otimismo e esperança. Ao longo do dia, seu ministro favorito, Onyx Lorenzoni funciona como um Lombardi, complementando as falas do presidente.

 

E, na comparação, sobrou até para a ministra Damares, a quem o jornalista atribui o papel de Ivo Holanda: As pegadinhas, com o intuito de distrair os “telespectadores” – algo que foi dito muito na internet na última semana, desde que as declarações da ministra começaram a ganhar força.

Com novo modelo do Ibope, audiência de programas de TV de aumentar

As declarações do jornalista não são absurdas. Assim como Sílvio Santos e sua grade voadora, o governo Bolsonaro tem se caracterizado – até então – por um grande vai e volta: Informações são ditas e depois colocadas de lado, o presidente responde tuítes de opositores com um senso de humor e seus defensores continuam firmes e fortes acreditando que tudo irá melhorar (assim como os fãs do SBT acreditavam em seu sucesso).

Na sua declaração, Rosa encerra falando que o brasileiro terá que se habituar ao governo como um grande espetáculo televiso.

Resta, a nós, então, torcer para que sua taxa de sucesso seja muito mais Rede Globo do que SBT.

Comentários
Carregando...