SURFISTA É ATACADO POR TUBARÃO, REVIDA COM A PRANCHA E SOBREVIVE

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Um surfista foi atacado na manhã desta terça-feira (6), na praia de Shelley Beach, na cidade de Ballina, costa leste da Austrália. Lee Jonsson, de 43 anos, estava remando em sua prancha quando foi derrubado por um empurrão e então mordido na perna. Ele usou sua prancha (foto) para revidar e mandar o bicho embora, muito provavelmente salvando sua própria vida.

Ele conseguiu nadar de volta até a praia, onde recebeu os primeiros socorros antes de ser mandado ao hospital. Ele segue internado, mas em condições estáveis e sem risco de vida. Mais tarde, o animal que atacou o surfista foi identificado como um tubarão branco de 2,6 metros.

 

VEJA TAMBÉM: POLÍCIA AUSTRALIANA PROCURA PESCADORES QUE FILMARAM TUBARÃO SENDO ARRASTADO EM ESTRADA

A região de Ballina, no norte do estado de Nova Gales do Sul, é um dos lugares com maior registro de ataques de tubarão do mundo. Apesar dos esforços dos gestores públicos para diminuir os riscos, os ataques persistem.

“Temos todas as melhores e mais recentes tecnologias de vigilância no país, talvez até no mundo, mas o tubarão conseguiu se infiltrar ainda assim”, lamentou David Wright, prefeito da cidade, em declaração ao telejornal local 9News.

O incidente reforça a questão de ferramentas de proteção contra ataques de tubarão na Austrália. No início da semana, um homem morreu em decorrência de um ataquesofrido enquanto praticava stand up paddle nas Ilhas Withsundays, mais ao norte da mesma costa leste do país.

Imagem: reprodução/9News

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.