Uma bela dívida: Belo deve R$ 50 mil a advogados

O pagodeiro foi condenado em 2002

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Condenado em 2002 por tráfico de drogas, o pagodeiro Belo se vê mais uma vez envolvido em um episódio relacionado à Justiça. Dessa vez foram os próprios advogados do cantor que estão pleiteando o pagamento de uma dívida de R$ 50 mil, relacionada a honorários.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Segundo informações o escritório em questão é o Peralta e Campos Associados, que tenta receber a quantia há cerca de dois anos, quando entraram com um processo na 7ª Vara Cível, em Niterói, com o intuito de tentar receber a quantia.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O montante refere-se aos honorários cobrados pelo escritório Peralta e Campos Associados. Normalmente, os advogados cobravam 10% das causas que defenderam para o cantor.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Belo vai precisar acertas as contas com seus defensores, pois uma sentença – publicada no último dia 25 de março – ordenou que o cantor efetuasse o pagamento, caso o fizesse em três dias, o valor cairia pela metade, mas ele não pagou.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

“Nós temos esperança na Justiça. Chegamos a conversar com ele, tentar um acordo, ele diz que vai pagar, mas até hoje não recebemos”, conta um dos sócios do escritório, Ivo Peralta Junior.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Send this to a friend