Warner Music emite nota após briga de Anitta e Ludmilla por Onda Diferente

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Após toda a polêmica envolvendo a composição da música ‘Onda Diferente’, que culminou com o fim da amizade entre Anitta e Ludmilla, a Warner Music, gravadora das duas artistas, finalmente, decidiu se pronunciar. Desde a publicação da nota noticiando o rompimento entre as duas cantoras, a Coluna Leo Dias vinha tentando um posicionamento da gravadora, através da assessoria de imprensa e até de seu presidente, mas a resposta só foi enviada nesta quarta-feira (9), por meio de uma nota de esclarecimento.

Nela, a Warner Music explica o processo que envolve os direitos autorais de uma música e esclarece que não há nenhum envolvimento da gravadora na definição dos percentuais de cada autor sobre a obra. Esta definição seria de trato exclusivo entre produtores e autores de uma música e sua editora, que é a empresa de proteção autoral onde a canção é registrada. A função da gravadora seria a de, a partir desse processo, solicitar a liberação da composição e gerenciar a produção e a gravação da música, sua distribuição e as ações de marketing para sua divulgação

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Em momento algum, a Warner Music trata diretamente do caso envolvendo Ludmilla e Anitta, evitando, assim, confirmar ou negar as versões das duas artistas. Ludmilla alega que o combinado havia sido 50% dos direitos para ela e a outra metade para o rapper Snoop Dog, que escreveu os versos em inglês de ‘Onda Diferente’, mas, durante o registro, o nome de Anitta também foi incluído na composição. A poderosa, por sua vez, alega que a inclusão foi negociada entre a editora e a gravadora, e que tem tudo documentado

Leia a nota de esclarecimento da Warner Music na íntegra:

“Esclarecemos sobre a canção “Onda Diferente” que todo o trâmite que envolve os direitos autorais de uma composição ocorre diretamente entre o produtor da música ou álbum, autores e as empresas de proteção autoral, chamadas “editoras”. Após definidas entre as partes citadas acima os percentuais sob os direitos de cada autor sobre a obra, cabe à Warner Music Brasil tão somente solicitar a liberação da composição junto as editoras. Uma vez liberada a obra, em conjunto com seus artistas, contando com um time de profissionais qualificados e de diversas áreas, a Warner Music Brasil a partir desse ponto é responsável por gerenciar o processo que envolve a produção e gravação da obra, distribuição e marketing, respeitando sempre o trabalho artístico de cada talento e suas estratégias de carreira.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Comentários
Carregando...