fbpx

Artista plástico que matou idoso no RJ já ameaçou Frota, Moro e Bolsonaro. Assista ao vídeo:

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O artista plástico Jefferson Carvalhaes, 26 anos, apontado como o autor do homicídio contra um idoso de 75 anos, na manhã desta terça-feira (14), em Rio das Ostras, já proferiu ameaças nas redes sociais contra o hoje deputado federal Alexandre Frota, o atual presidente da República Jair Bolsonaro, ambos do PSL. Além deles, o atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, também foi citado nas ameaças.

As ameaças foram feitas pelas redes sociais no ano de 2017. Na época, Jefferson, que se declara “assexuado” e ativista político, chegou a afirmar que estupraria a esposa de Frota, mataria sua família e colocaria fogo em sua residência.

Alexandre Frota, na época ator fora do cenário político, gravou um vídeo exclusivo para o Notícias Macaé, pedindo que a população da região compartilhasse as ameaças a fim de que o autor fosse encontrado. Após três dias de buscas, a Polícia Militar (PM), capturou Jefferson na Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), próximo a ponte de Barra de São João, distrito de Casimiro de Abreu.

Na ocasião, o artista plástico chamou os PM´s de macacos. Ele foi preso, mas respondeu ao processo em liberdade. Alexandre Frota chegou a registrar queixa em uma delegacia de São Paulo para se proteger das ameaças.

Assista ao vídeo onde Frota comenta o caso com exclusividade:

 

Veja mais
Comentários
Carregando...