fbpx

Assassino da menina Emanuelle já foi condenado por matar o irmão

O assassinato da menina Emanuelle, de 8 anos, deixou o país inteiro em choque. A criança desapareceu enquanto brincava em uma praça na sexta-feira (10), na cidade de Chavantes, em São Paulo e seu corpo foi encontrado na segunda-feira (13).

O corpo da vítima foi encontrado em uma área rural, após o suspeito de 49 anos, Agnaldo Guilherme Assunção, ter confessado o crime e indicar o local. O delegado responsável pelo caso, Antônio José Fernandes Vieira, informou que o criminoso já havia sido condenado por ter assassinado o próprio irmão e cumpriu pena no final da década de 80.

Publicidade

Ele tem uma condenação anterior, totalmente cumprida, do ano de 1988, por homicídio. Em uma briga de família ele assassinou o irmão“, disse o delegado.

De acordo com a autópsia realizada ontem, a menina levou treze facadas, diferente do que o criminoso havia dito. Ainda segundo esse laudo, não houve penetração, mas Emanuelle pode ter sido abusada de outras formas, por isso novos exames foram realizados e a investigação do caso continua.

Na manhã de hoje, a Polícia Civil informou que Aguinaldo foi encontrado sem vida na cela em que estava preso e teria usado um lençol para tirar a própria vida. A Secretaria da Administração Penitenciária confirmou esta versão e que a morte do criminoso foi descoberta no momento em que era realizada a contagem de praxe para a passagem de plantão.

A Unidade entrou em contato com os familiares do acusado para que tomassem todas as providências em relação ao sepultamento. Não foi informado ainda, o local e horário do enterro de Aguinaldo.

Carregando...
Botão Voltar ao topo
Fechar