fbpx

Caso Marielle: filha de suspeito teria namorado Carlos Bolsonaro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O delegado responsável pela investigação do caso Marielle Franco, Giniton Lages, afirmou que uma das filhas de Ronnie Lessa, um dos suspeitos presos nesta terça-feira (12/3), teria namorado Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL). As informações são do Valor Econômico.

“Isso tem [namoro entre os dois], mas, para nós, hoje, não importou na motivação delitiva. Isso vai ser enfrentado num momento oportuno. Não é importante para esse momento”, disse Lages, sem entrar em detalhes sobre a afirmação.

Lessa mora no mesmo condomínio de Jair Bolsonaro, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. No entanto, o delegado disse que a relação entre a família de Lessa e a de Bolsonaro “não foi confirmada nem é objeto de investigação”.

Veja mais

Primeira fase
O delegado disse na manhã desta terça-feira que as dúvidas que restam em relação ao assassinato da vereadora e do motorista Anderson Gomes serão respondidas somente na segunda fase da investigação. Além disso, a possibilidade de haver um mandante do crime será respondido posteriormente. Nada foi descartado, segundo ele.

A vereadora Marielle Franco (PSol) e o motorista Anderson Gomes foram mortos com 13 tiros em 14 de março do ano passado. O crime completa um ano nesta semana. Lessa afirmou que a execução pode ser considerada crime de ódio, caracterizado por motivo torpe.

Apontado como suspeito de atirar na vereadora, o policial militar reformado Ronnie Lessa, 48 anos, é um dos detidos. O ex-PM Élcio Vieira de Queiroz, 46, seria, segundo as diligências, o motorista do carro usado no dia do crime. Ele também é alvo da operação, que cumpriu mandados de buscas e apreensão em 34 endereços de outros investigados. O duplo assassinato mobilizou o Brasil e teve repercussão internacional.

Comentários
Carregando...