Criança perdida na praia? Coloque-a nos ombros e peça que todos batam palmas

Acg

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

.

Um projeto idealizado em São Paulo está contagiando banhistas das praias de todo o País. A inspiração veio de uma prática comum na Argentina e atraiu a atenção dos idealizadores do projeto.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Palmas, que parecem brincadeira, são, na verdade, um sinal. Toda vez que alguém encontra uma criança perdida na praia, a pessoa a coloca sobre os ombros e começa a bater palmas. Quem está em volta repete o gesto até despertar a atenção dos familiares do desaparecido.

Criança perdida na praia - Coloque-a nos ombros e peça que todos batam palmas - Papo de Pai

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

No domingo, isso aconteceu em Copacabana. Um policial teria localizado uma criança perdida e deu início à sequência de palmas, alertando os banhistas. A atitude foi compartilhada nas redes sociais, onde frequentadores da praia apoiaram a iniciativa. A PM não soube informar se a criança foi reencontrada por causa do gesto. Apesar da atitude do PM, a corporação informou que, por enquanto, ainda não há orientações a respeito para este tipo de ação.

Criança perdida na praia? Coloque-a nos ombros e peça que todos batam palmas

Na internet, frequentadores da Praia de Copacabana apoiaram a ação. “Vamos continuar, pois dá certo em outros lugares e aqui também está dando. Esse é o melhor método”, disse uma mulher. “Vai ajudar bastante o trabalho dos guardas municipais, bombeiros e policiais”, afirmou outra pessoa. Uma moradora lembrou de outro caso: “Aconteceu o mesmo na Siqueira Campos. A criança estava com uma senhora e, com as palmas, logo, logo o Pai localizou o filho. Brilhante ideia!”, escreveu.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Comentários
Carregando...