JOGADOR DO BRASILEIRÃO ESTÁ ENROLADO…

Acg

.

CAZARES ESTÁ ENROLADO

Um escândalo em Belo Horizonte.

Envolvendo jogador, mulheres, droga.

E acusação de agressão do atleta às “convidadas”.

O Atlético Mineiro havia sido derrotado pelo Botafogo, ontem, no Rio de Janeiro.

Cazares estava no time derrotado e jogou mal.

O equatoriano voltou com o elenco para Minas Gerais.

E na noite de ontem resolveu fazer uma ‘festinha’ particular na sua luxuosa casa, em um condomínio particular.

Balada para pouquíssimos amigos e convidadas selecionadas.

Duas dessas convidadas teriam ido ao banheiro juntas.

E usado uma droga conhecida como ‘cheirinho de loló”, entorpecente à base de clorofórmio e éter.

A partir daí, as versões mudam.

De acordo com Cazares, ele teria estranhado a demora das duas e pediu para uma amiga ver o que acontecia.

Quando soube que elas estavam se drogando e as teria expulsado de casa.

Sem encostar nelas.

E que uma amiga teria, sim, as agredido, exigindo que fossem embora.

Elas teriam pedido R$ 10 mil para não chamarem a polícia e falarem da agressão e nem revelar à imprensa sobre a festa.

De acordo com as mulheres, a história foi outra.

Quando Cazares soube que estavam usando drogas, ele e seus amigos e a amiga, as agrediram.

O jogador teria até batido a cabeça da mais jovem no chão, para que largasse seu celular. Para que ele apagasse as fotos da festa.

Só que as mulheres avisaram que iriam denunciar a agressão.

Então ele teria oferecido R$ 10 mil para se calassem.

Elas não teriam aceitado.

Saíram.

E até contaram o que aconteceu, na versão delas, no Instagram.

Daí a denúncia logo de manhã, às 6h30, para a Polícia Militar.

O jogador depôs no batalhão da Polícia Militar de Lagoa Santa.

E, por enquanto, foi liberado.

A assessoria do jogador insiste que a versão das mulheres não é verdadeira.

As mulheres fizeram exame de corpo de delito.

Mostraram pequenos arranhões e hematomas foram encontrados.

As duas mantiveram as acusações contra Cazares.

E iriam formalizar a acusação de agressão.

Lavrariam um Boletim de Ocorrência contra ele…

 

Comentários
Carregando...