Jovem é preso depois de levar Glacial e beber Heineken em churrasco famíliar

Acg

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Jovem é preso depois de levar Glacial e beber Heineken em churrasco famíliar. Domingo não foi um dia feliz na vida de José Carlos Ramos de Oliveira. Ele foi espancado e depois levado pra DPJ de Itacibá por familiares que se revoltaram porque o jovem havia levado para o churrasco da família a cerveja de marca Glacial enquanto os outros familiares levaram outras marcas de maior valor agregado.

Zé Carlinhos, como é carinhosamente chamado pelos familiares, ao ver que o tio Francisco Ferreira Ramos havia levado um engradado de Stella Artois e o primo de Antonio Zanetti de Oliveira havia levado 2 fardos de cerveja Heineken, deixou de lado sua cerveja barata e passou a tomar sem cerimônia as cervejas do tio e primo. Ele estava bebendo rapidamente em volume bem superior aos “donos” das cervejas.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Num dado momento os familiares pediram pra ele beber somente as cervejas que havia levado. Neste momento Zé Carlinhos se exaltou e disse: “Eu vou beber a cerveja que eu quiser. E não tem homem nesta casa pra me parar. Vocês são um bando de ´pau no cu´. Só sabem tirar onda. Fica de ostentação pra cima de nós e na hora que nós vem pra festa vocês ficam de miserinha. Seus arrombados!”

Neste momento os familiares começaram o ciclo de agressões físicas. Zé Carlinhos só parou de apanhar quando sua avó entrou na confusão e pediu para colocarem ele pra fora da casa dela e parassem as agressões. Após o pedido ele foi jogado na rua e as 9 latas de Glacial que ainda restavam no freezer foram também jogadas na direção dele. Ele arremessou de volta as latas no portão da casa e prosseguiu xingando os familiares. Neste momento um caro da polícia passou nas imediações e levou o jovem para a DPJ por conta do vandalismo.

O delegado João Nunes Neitzel informou que não havia crime em querer beber a cerveja dos outros, mesmo salientando que ninguém merece beber Glacial. As agravantes foram os atos de vandalismo e as ofensas sob a forma de injúria e difamação. Os pais de Zé Carlinhos não foram o visitar até hoje. O fato aconteceu no domingo 17/02/2019.

 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Send this to a friend