Mãe alerta para atitude na gravidez que fez seu filho não poder andar

Acg

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A maternidade é um momento de muita alegria para a maioria das mulheres. Desde a descoberta da gestação até o nascimento, a futura mamãe vive sentimentos intensos e muitas dúvidas, principalmente as que vão ter um filho pela primeira vez.

Certamente, o que todas desejam é que a criança possa nascer bem e saudável.

Após viver um drama com o filho, uma mãe decidiu fazer um alerta para outros pais. A criança de apenas quatro anos de idade desenvolveu sérias complicações por causa de uma enfermidade perigosa e que poucos falam a respeito.

Bree Pennie revelou durante uma entrevista a site de notícias da Austrália que o filho, o pequeno Dax, tem graves problemas de saúde por conta da doença.

Veja Também

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

As sequelas na criança foram terríveis, Dax precisa de ajuda para todas as atividades rotineiras. Ele não fala, não consegue andar e ainda faz uso de fraldas. “Ele precisa de ajuda em quase toda as atividades do dia a dia”, desabafou a mãe.

Todos os problemas foram geradas por causa do citomegalovírus. Para quem não sabe, esse vírus pertence a família da Herpes e pode afetar qualquer um. No entanto, quando ocorre em gestantes é extremamente perigo, pois quando é transmitido para a criança pode provocar sérias complicações.

O pequeno foi diagnosticado com a doença quanto tinha apenas três meses de vida. Bree disse que assim que soube do problema começou a questionar sobre o que poderia ter feito durante a gestação para evitar contrair a doença.

O citomegalovírus é transmitido através de fluidos do corpo, como sangue, sêmen, urina e saliva. Por isso, pode-se contrair a enfermidade comendo restos de outras pessoas ou ao dividir o mesmo copo. A doença também é transmitida através do beijo na boca ou até mesmo dando um selinho no filho.

“Eu não sabia desses riscos! Eu não sabia do citomegalovírus e nem sobre como era transmitido. Se eu soubesse disso, provavelmente ao invés de comer os restos da papinha da minha menina, eu iria fazer um prato meu. Ao invés de ganhar um selinho molhado na boca da minha filha, eu iria pedir beijos no rosto. Eu também não teria dividido copos com outras pessoas, teria lavado minha mão com mais frequência”, desabafou a mãe.

O caso serve de alerta para que as gestantes tenham cuidado durante o período. Para prevenir o citomegalovírus é importante manter todos os cuidados básicos de higiene e também evitar compartilhar alimentos com outras pessoas, mesmo que sejam pessoas íntimas.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...

Send this to a friend