fbpx

Maria Fernanda morre eletrocutada em festival de funk aos 20 anos no RJ

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A estudante de Odontologia Maria Fernanda Ferreira de Lima, de 20 anos, morreu na madrugada do domingo (14), após receber um choque durante um festival de funk realizado no Terreirão do Samba, casa de shows localizada no centro do Rio de Janeiro.

Maria Fernanda compareceu ao local acompanhada de amigos e assistia os shows ao lado de amigos. Por volta das 4h ocorreu a tragédia que vitimou a jovem cheia de sonhos. Ela estava na área de produção do evento de funk e encostou em uma barra de ferro energizada.

Ela foi socorrida por brigadistas do local, depois foi atendida pelos médicos, que optaram em encaminha-la ao hospital. Maria Fernanda foi socorrida no Hospital Souza Aguiar, localizado próximo do Terreirão do Samba. A jovem sofreu quatro paradas cardíacas e não resistiu aos ferimentos.

“Infelizmente nessa noite, por volta das 4h, fomos informados pelos nossos brigadistas de que havia acontecido um incidente. Logo após, nossos médicos decidiram que o melhor a fazer era encaminhá-la ao hospital. Repassamos essa informação para o Terreirão do Samba e decidimos, a partir desta ocasião, encerrar o evento”, escreveu a Puff Puff Bass, organizadora do evento, em suas redes sociais.

A empresa ainda garantiu que zela pela integridade de seus clientes em todos as festas que organiza. A morte de Maria Fernanda está sendo investigada pela 6ª Delegacia de Polícia da Cidade Nova, no centro do Rio. A polícia já ouviu os responsáveis pelo evento e também pela casa de shows onde foi realizado.

Comentários
Carregando...