The news is by your side.

Ameaçado de morte, homem gay morre de Covid no dia do casamento

150

 

Depois de ser alvo de ameaças de morte, homofobia e furto, o casal Saulo Rodrigues Lopes, de 37 anos, e Rafael Ferreira Luiz, 27, iria se casar no domingo (18/7), às 16h, em Anápolis. Já estava tudo organizado para o grande dia, mas o sonho dos dois foi inviabilizado: Saulo morreu no dia do casamento, em decorrência da Covid-19.

Ele foi hospitalizado dois dias antes no Hospital Norma Pizzari Gonçalves, após apresentar piora do quadro de saúde. A notícia da morte chocou amigos e seguidores nas redes sociais, que passaram a acompanhar a luta do casal, após a repercussão do caso.

Assim que anunciaram a união, em abril deste ano, Saulo e Rafael receberam mensagens ameaçadoras, como: “Vocês vão morrer. Vocês são uma vergonha para a cidade”.

Em seu perfil no Instagram, Rafael expressou o sentimento pela partida do companheiro: “Você mudou a minha vida. Você foi e sempre será o motivo de eu acordar todos os dias. Você tinha que partir logo hoje, meu amor? No dia do nosso casamento?”, lamentou, em postagens.

O cortejo de despedida de Saulo está marcado para as 13h desta segunda-feira (19/7), saindo do Hospital Norma Pizzari Conceição. O destino será o Memorial Parque de Anápolis, onde o sepultamento está agendado para 14h.

As ameaças sofridas por Saulo e Rafael, logo após anunciarem a união com fotos na internet, virou caso de polícia. Os dois registraram a ocorrência na Polícia Civil, após perceberem a gravidade das mensagens. Um perfil falso chegou a ser criado para enviar textos homofóbicos e atentar contra a vida do casal.

Mesmo com repercussão, as intimidações e investidas contra o casamento de Saulo e Rafael não cessaram. No início de junho, a loja de eletrônicos que Saulo mantinha em Anápolis foi alvo de furto, durante a madrugada. Cerca de R$ 55 mil em mercadorias (roupas, celulares e outros) foram levados do local.

Os ladrões fizeram um buraco na parede lateral da loja e conseguiram acessar o espaço. “Estamos sem nada. Não sabemos como recomeçar. Levaram tudo”, disse Saulo, à época. Uma campanha na internet, liderada por amigos dos dois, foi feita para ajudá-los a recuperar a quantia perdida e seguirem com os planos do casamento.

 

Você pode gostar também