The news is by your side.

CRIANÇA DE 2 ANOS MORRE ENGASGADA COM TAMPA DE GARRAFA PET E PAI É ACUSADO DE NEGLIGÊNCIA

1.167

CRIANÇA DE 2 ANOS MORRE ENGASGADA COM TAMPA DE GARRAFA PET E PAI É ACUSADO DE NEGLIGÊNCIA

Uma criança de 2 anos morreu engasgado com uma tampa de garrfa pet na sexta-feira passada, 7. Após o trágico acidente, o pai, delegado Carlos Alberto Gomes Pereira Filho, se pronunciou sobre o acidente por meio de uma carta enviada à imprensa. Acusado de negligência, o delegado da Polícia Civil do Amapá afirmou que estava sozinho no momento do acidente. “Eu fiz de tudo para salvar a vida do meu filho. Quando ele engoliu a tampinha, estava próximo de mim, e o fez no momento em que eu estava organizando as coisas pós-almoço. Não houve falta de cuidado, ele estava sendo monitorado”.

Carlos Alberto explicou que, no momento em que a criança ficou em silêncio, o rapaz organizava a casa. Nesse momento, percebeu que o menino não se mexia. “Assustado e sozinho, tentei identificar o que estava ocorrendo, mas no momento de desespero não consegui entender ou detectar o motivo, a reação que consegui ter, naquele momento, foi de checar os seus sinais vitais, que estavam presentes”.

O agente de segurança afirmou que levou a criança à unidade de saúde mais próxima e o atendimento hospitalar demorou para iniciar o socorro. “Lá chegando, o médico imediatamente o atendeu. A equipe médica optou por chamar o Samu, que chegou após aproximadamente 30 minutos, o que aumentou ainda mais a minha angústia, já que não sabia o que estava acontecendo com o meu filho. Após a sua chegada aA equipe do Samu rapidamente identificou o problema e retirou uma tampinha de garrafa pet das vias aéreas do meu filho. Infelizmente, ele já não apresentava mais sinais vitais”.

No documento, segundo o portal Metrópoles, o delegado da Polícia Civil explica que não foi ao velório e ao enterrodo filho por ameaças sofridas.

Fonte: Metrópoles

 

Você pode gostar também