FAMÍLIA PROCURA VIGILANTE QUE DESAPARECEU APÓS SER CONFUNDIDO COM PM NO RIO

 

FAMÍLIA PROCURA VIGILANTE QUE DESAPARECEU APÓS SER CONFUNDIDO COM PM NA BAIXADA

Familiares e amigos do vigilante Verner Bonicenha Verneck, de 27 anos, pedem ajuda para encontrá-lo. O jovem teria desaparecido, na noite de sábado, após ser confundido com um policial militar, na Vila Norma, em Mesquita, na Baixada Fluminense. Segundo um primo de Verner, ele estava saindo da casa da namorada quando foi abordado por criminosos da região.

“Por volta de 20h30 ele chegou na minha casa. Ele me esperou, terminei de me arrumar e entramos no carro. Quando viramos a esquina, abordaram o carro, mas achamos que só abordaram a gente por conta do farol ou algo assim. Mandaram ele desligar o carro e olharam para a cara dele e falaram que estavam há uma semana procurando por ele. De acordo com informantes deles, tinha foto do Verner com milícia e todo mundo estava falando que ele seria policial. Ele negou, disse que era trabalhador, falou que estavam confundindo ele. Mandaram a gente descer porque tinha alguém indo lá. A todo tempo me perguntavam se eu sabia de algo, aí esse outro rapaz chegou e eles ficaram muito agressivos. Batiam no Verner e não me deixavam fazer nada. Depois jogaram ele no carro e eu não sei de mais nada”, disse a namorada do rapaz, que não quis se identificar.

Ainda segundo o primo do rapaz, a família tomou conhecimento do desaparecimento, se mobilizou pela internet e registraram o desaparecimento na tarde deste domingo na 53ª DP (Mesquita).

Procurada, a Polícia Militar informou que, no fim da noite de sábado (4), o 20ºBPM (Mesquita) foi acionado devido à denúncia dando conta que uma pessoa teria sido sequestrada e levada para o interior da comunidade do Sebinho, no bairro Vila Norma, no município de Mesquita.

“Equipes policiais foram deslocadas para verificar a situação. Disparos foram feitos contra as equipes na chegada à comunidade e ocorreu confronto. Houve buscas e vasculhamento no local, mas a denúncia não foi constatada e a pessoa não foi encontrada. Ocorrência encaminhada para a 53ª DP(Mesquita)”, diz a nota enviada à imprensa.

Já a Polícia Civil respondeu que as investigações seguem em andamento e diligências estão sendo realizadas para esclarecer o caso.

 

Carregando...
Botão Voltar ao topo
Fechar