The news is by your side.

Ferrugem ganha processo no qual ex o acusa de vazar nudes dela

6

 

O cantor Ferrugem ganhou um processo criminal no qual era réu nesta sexta-feira (18). Segundo informações, a ação em questão foi movida por Ranyele Gouveia, ex-namorada de Ferrugem, que acusou o cantor de ter vazado fotos íntimas dela pela internet em 2018. O juíz deu a vitória para Ferrugem alegando falta de provas. As informações são da colunista Fábia Oliveira.

“Em análise dos autos, constata-se que a queixa crime não apresenta suporte probatório mínimo para deflagração de ação penal, eis que somente traz versão da suposta vítima, sequer instruída com declarações de testemunhas presenciais”, afirmou o juíz ao dar seu veredito sobre o caso. O recurso não é válido mais para esta situação.

PUBLICIDADE

Segundo Ranyele, ela descobriu que suas fotos foram vazadas pelo Instagram e pelo Whatsapp em 25 de julho de 2018. A ex do cantor afirma que foi ele quem vazou as fotos, já que essas teriam sido enviadas para ele quando os dois ainda estavam juntos.

Outra alegação de Ranyele contra o cantor é que, apesar de os dois terem se separado oficialmente em 2016, eles se reencontram em 2017 e Ferrugem mostrou a Ranyele que ainda tinha as fotos íntimas da moça em seu computador. Ranyele pediu que o cantor apagasse o conteúdo.

Ainda existe um segundo processo, desta vez no cível, movido por Ranyele contra Ferrugem. As alegações deste segundo processo são as mesmas, porém, Ranyele pede, neste novo caso, R$ 100 mil de indenização a Ferrugem por danos morais. Fábia Oliveira ainda afirma que, no segundo processo, Ranyele pediu gratuidade de Justiça, mas não comprovou se realmente se enquadra nas pessoas que recebem esse benefício. O juiz, então, deu o prazo de 15 dias para Ranyele pagar suas custas processuais e o processo pode ser cancelado caso ela não cumpra essa exigência.

Você pode gostar também