The news is by your side.

HOMEM ACUSADO DE MATAR EMPRESÁRIA É PRESO NO RJ

169

 

Uma ação conjunta entre as polícias Civil e Militar resultou na prisão de uma dos suspeitos de ter participado do assalto que resultou na morte da empresária Selma Avelino, no último dia 18, na Zona Norte do Rio. Antônio Daniel Carvalho Nascimento, o Nego, 20 anos, faz parte de uma quadrilha de assaltantes do Complexo da Penha e do Morro do Cajueiro. Além dele, outros quatro bandidos também foram presos.

FOTOGALERIA

Os cinco estavam em um carro roubado e se preparavam para iniciar uma série de assaltos. Segundo a polícia, o bando foi interceptado na manhã desta quarta-feira (24), em Irajá, após cruzamento de dados e monitoramento da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA) e da Inteligência da Coordenadoria de Polícia Pacificadora.

 

 

‘Estou viva agora por causa de você’, diz filha de mulher assassinada em tentativa de assalto

Traficante TH de Manguinhos é preso em ponto de ônibus na Zona Norte

Procurada há dois anos, mulher é presa fazendo compras na Zona Norte do Rio

Houve perseguição e troca de tiros e três criminosos acabaram baleados. Todos foram levados para o Hospital Estadual Getúlio Vargas (HEGV) na Penha. Os estados de saúde deles não foram divulgados. Dois bandidos tentaram fugir e invadiram algumas residências, mas acabaram detidos.

“Essa organização criminosa é muito violenta. Todos já com anotações criminais e dois deles com mandados de prisão em aberto. O criminoso conhecido como Nego é suspeito de participar da morte da senhora Selma, também em Irajá”, explicou o delegado Márcio da Cunha Braga, diretor da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis

Além de Nego, a polícia prendeu João Vitor Borges Ignácio, o I-30, de 19 anos, Jeferson Guimarães Soares, o Chupeta, 29 anos, Cleiton Martins Euclides, Cleitinho, 27 e Igor Lizardo de Carvalho, o Chorão, 25 anos.

Houve apreensão de seis pistolas, carregadores e radiostransmissores.

Você pode gostar também