fbpx

Mulher grita ‘Lula Livre’, passa absorvente e danifica urna

Uma mulher descontrolada, de 25 anos, passou um absorvente sujo de sangue em uma urna na Escola Maria Inês Rodrigues de Mello, em Ibiporã, na manhã deste domingo, 7. Na sequência, ela arremessou a urna no chão e ela saiu correndo.

Segundo testemunhas, a mulher teria gritado “Lula livre”, antes de ser presa em flagrante e conduzida à delegacia da cidade. Ela deverá responder por crime eleitoral e contra a segurança nacional.

A urna danificada foi substituída e a votação no local segue normal.

Para ler mais informações sobre a Região Norte acesse o Diário de Maringá clicando aqui.

Carregando...
Botão Voltar ao topo
Fechar