The news is by your side.

Prefeitura entrega 453 RGIs a moradores de conjunto habitacional em Santa Cruz

40

 

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, entregou neste sábado (31/07) o Registro Geral de Imóveis (RGI) a moradores de 453 apartamentos do Condomínio Residencial Cascais,  em Santa Cruz, Zona Oeste da cidade. O condomínio faz parte do programa Minha Casa Minha Vida e foi entregue no ano de 2012.

 

– Muita gente, às vezes, critica programas habitacionais como o Minha Casa Minha Vida, mas não sabe o que este imóvel representa para uma família que antes morava numa comunidade, numa área de risco. Esse morador agora tem uma casa em que pode trancar a porta e fechar a janela, principalmente em dias de frio como tem feito ultimamente no Rio. A casa própria é um sonho que está sendo concretizado hoje com essa entrega de RGI – afirmou Paes.

 

Após trâmites do cartório e com o apoio da Secretaria de Habitação, que atua como agente facilitador junto à Caixa Econômica Federal, os moradores receberam o título definitivo.

 

– Ter o RGI em mãos é de extrema importância porque, além de legitimar o proprietário com relação ao imóvel, traz um sentimento de pertencimento, fechando um importante ciclo após a entrega. Outros documentos como esses serão entregues ao longo da atual gestão, que está empenhando esforços e buscando apoio para levar cada vez mais melhorias à camada mais vulnerável da população carioca – afirmou o vice-prefeito e secretário municipal de Habitação, Nilton Caldeira.

 

O empreendimento tem 30 blocos, área de recreação infantil, quadra poliesportiva e centro comunitário. Os moradores foram sorteados por meio da Loteria Federal, a partir das inscrições do banco de dados da secretaria.

 

– Entregar os RGIs às famílias beneficiárias do Programa Minha Casa Minha Vida coroa a conclusão de um conjunto de ações sócio-habitacionais que deu muito orgulho de participar. Vamos seguir acompanhando as necessidades e as reivindicações dos moradores para levar cada vez mais melhorias e acesso aos serviços no entorno do empreendimento por meio do Grupo Institucional do Poder Público (GIPP) – disse o coordenador de Ações Sócio-habitacionais da SMH, Jeremias Di Caetés.

 

Moradores comemoram

 

Os moradores do Condomínio Cascais não escondiam a felicidade por estar recebendo o RGI. A aposentada Maracilde da Silva Nunes, de 67 anos, que antes vivia numa área de risco em Honório Gurgel, afirma estar satisfeita porque não terá mais que se preocupar com a documentação do imóvel.

 

– Uma satisfação e uma alegria muito grande. Eu morava de aluguel e agora vou poder deixar um imóvel de herança para os meus filhos.

 

Ana Lúcia Ribeiro, 49 anos, diz que todos os dias agradece por ter sido contemplada com um imóvel no condomínio. Ela, que antes morava em Acari, agora tem a tranquilidade de saber que seus quatro filhos terão sempre um lugar onde morar.

 

– Eu só tenho a agradecer, foi uma luta muito grande para ter a minha casa. É difícil, mas não impossível realizar nossos sonhos. Agora, tenho a garantia e a certeza que o apartamento será sempre da minha família.

 

Ana Lúcia: Foi uma luta muito grande para ter a minha casa – Beth Santos/Prefeitura do Rio
Você pode gostar também