Homem de 30 anos é preso após matar a mãe espancada na Barra

De acordo com a Polícia Civil, a vítima, de 70 anos, foi assassinada com socos e chutes após uma discussão com o filho

Um homem de 30 anos foi preso em flagrante, por policiais da Delegacia de Homicídios da Capital (DHC), acusado de matar a própria mãe, de 70 anos, espancada, na madrugada deste domingo, num condomínio de luxo na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio.
De acordo com a Polícia Militar, agentes do 31º BPM (Recreio) foram acionados durante a madrugada, para uma ocorrência de violência contra mulher.
Ao chegarem no local da ocorrência  foram informados pelo porteiro do prédio, localizado na altura do Posto 6, de que gritos foram ouvidos no apartamento da vítima, Lucia Regina Gomes Alves.
A porta do imóvel estava trancada e precisou ser arrombada pelos PMs, que ao entrarem, se depararam com a idosa ensanguentada e caída no chão. Os militares chegaram a acionar o SAMU, mas os médicos constataram que Lucia Regina já estava morta.
Agentes da DHC foram até o local para realizar perícia técnica constataram que Lucia Regina foi morta cpom socos e chutes. Os policiais ainda apuraram que o crime aconteceu após uma discussão entre mãe e filho.
O homem de 30 anos foi preso momentos depois, escondido em outro imóvel da família, também na Barra da Tijuca, e foi acusado de feminicídio.
Carregando...
Botão Voltar ao topo
Fechar