Saiba qual doença matou o neto de Paulo Betti e Eliane Giardini; ele tinha só 1 ano

.

Nesta última quarta-feira (19), morreu o único neto de Paulo Betti e Eliane Giardini. Antônio tinha apenas 1 ano e 7 meses de idade, ele foi diagnosticado com leucemia mieloide e infelizmente não resistiu à doença e nem ao tratamento que é muito pesado, envolvendo até quimioterapia.

A leucemia, doença que matou o netinho de Paulo Betti e Eliane Giardini, é dividida em 2 subtipos: agudo e crônico. No primeiro caso, a doença vem de forma rápida, enquanto que no segundo tipo, é de forma mais lenta, apresentando poucos sintomas e quando é descoberta, já encontra-se em estágio avançado.

As duas acontecem geralmente em adultos, mas quando atingem crianças ou bebês, se torna ainda mais perigosa. É que os bebês e também as crianças mais novas, ainda não têm um sistema imunológico forte e com isso o organismo não consegue lutar contra o câncer.

LMA – Leucemia Mieloide Aguda, é um câncer no sangue, começando na medula óssea, podendo se espalhar por todo corpo. Se for diagnosticado no início, a chance de cura é maior. O tratamento no hospital é bem intenso nos primeiros meses, mas o paciente pode ficar mais de um ano nesta batalha. Entre os principais sintomas estão: anemia, fraqueza, palidez, dor de cabeça, hemorragias, hematomas constantes, emagrecimento, dor nas articulações, febre, tosse, suor noturno e desconforto abdominal.

LMC – Leucemia Mieloide Crônica, é um câncer raro do sangue e o tratamento pode envolver até transplante de medula, além da quimioterapia e outros medicamentos. É grande a chance de cura, porém, depende de uma série de fatos, como a idade, resistência do paciente, etc. Entre os principais sintomas estão: cansaço, febre, perda de peso, dor nas costelas, palidez e transpiração excessiva à noite.

Assim que surgir qualquer suspeita, o médico deve ser imediatamente procurado

Carregando...
Botão Voltar ao topo
Fechar