Traficante carioca condenado a 73 anos de prisão foge ao deixar cadeia para trabalhar

 

Traficante condenado a 73 anos de prisão foge ao deixar cadeia para trabalhar

O traficante Cosme Roberto dos Santos, o Macumba, condenado a uma pena de 73 anos de prisão por crimes como homicídio, extorsão mediante sequestro e tráfico de drogas, fugiu da cadeia e está foragido. Santos estava preso há 25 anos e, em 13 de agosto do ano passado, ganhou, da Justiça, autorização para trabalhar fora da cadeia. Ele havia sido contratado para trabalhar numa empresa de Educação à Distância, na Penha, Zona Norte do Rio, de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h. Treze dias depois, o crimininoso, entretanto, deixou o Instituto Penal Vicente Piragibe, no Complexo de Gericinó, onde cumpria pena no regime semiaberto, e não mais voltou.
Em setembro de 2019, o juiz Guilherme Schilling Pollo Duarte, da Vara de Execuções Penais (VEP), determinou a expedição de um mandado de prisão contra o traficante. Santos foi preso em 1995. Na ocasião, ele era apontado pela polícia como chefe do tráfico do Morro da Mineira, no Catumbi, Centro do Rio.

 

Carregando...
Botão Voltar ao topo
Fechar