The news is by your side.

Suspeito de envolvimento na morte de PM é preso em aeroporto da Bahia

Crime aconteceu em março deste ano, na Zona Oeste do Rio, e contra o homem havia um mandado de prisão temporária

119
Um suspeito de envolvimento na morte do sargento da Polícia Militar do Rio de Janeiro, Adriano Maia Corrêa, de 50 anos, foi preso nesta segunda-feira (18), no Aeroporto Luiz Eduardo Magalhães, em Salvador, na Bahia. O crime aconteceu em março deste ano, em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, e contra o homem havia um mandado de prisão temporária em aberto.
De acordo com a Polícia Civil da Bahia, o suspeito foi detido por equipes do Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos (Gerrc), com base em levantamentos realizados pelos agentes do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e da 1ª Delegacia Territorial (DT/Barris), após serem acionados pela Polícia Civil do Rio de Janeiro.
O homem estava junto com sua esposa, que acompanhou todo o processo de abordagem e condução. O caso foi encaminhado para a Coordenação de Polícia Interestadual (Polinter). O suspeito vai ser ouvido na Draco, antes de ser transferido para o Rio de Janeiro. Um outro envolvido na morte do militar foi preso no dia 15 de outubro, pela Polícia Civil do Rio, em Bonsucesso, na Zona Norte.
Relembre o caso
Lotado no Centro de Educação Física e Desporto (CEFD), o sargento da Polícia Militar do Rio de Janeiro, Adriano Maia Corrêa, de 50 anos, estava de folga e acompanhava o conserto de seu carro em uma oficina na Rua Aricuri, em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, quando um ladrão entrou no local e tentou roubar um cordão de ouro que usava.
O PM reagiu, mas foi baleado duas vezes. O atirador fugiu com outro criminoso em uma moto. O sargento chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal Rocha Faria, mas não resistiu aos ferimentos. Na ocasião, o Disque Denúncia chegou a divulgar um cartaz pedindo informações que ajudassem a Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) a prender os criminosos.
Você pode gostar também