Vídeo: mulher diz que é serva de Deus, mas espanca homossexual de forma covarde

 

 

*Vídeo: mulher diz que é serva de Deus, mas espanca homossexual de forma covarde*

A mulher teria até ameaçado de morte o funcionário de uma agência de viagem.

Um vídeo viralizou nesta terça-feira (30), nas redes sociais e as imagens deixaram os internautas chocados e revoltados.

É que uma mulher de 42 anos aparece agredindo barbaramente o funcionário de uma agência de viagem na rodoviária da cidade de Lucas do Rio Verde, que fica a cerca de 330 quilômetros de Cuiabá, no Mato Grosso.

O vídeo começou a circular hoje na web, mas o caso aconteceu neste último domingo. A mulher agrediu o funcionário e ainda fez vários comentários homofóbicos e de ódio.

Em alguns momentos é possível ouvir ela dizer que é ‘serva de Deus’, mas depois afirma que o rapaz deveria morrer.

A mulher ficou furiosa e chegou a quebrar alguns equipamentos da empresa, usando um bastão que estava delimitando a fila de atendimento. Ela disse que ‘acima dela só Deus’ e continuou com as agressões.

O vídeo mostra o momento em que o rapaz tentou se desvencilhar da tal ‘serva de Deus’, mas acabou sendo puxado pela camisa. Apesar de todos estes ataques, o funcionário avisou que não bateria na mulher.

Passageiros que estavam no terminal rodoviário gravaram tudo e logo compartilharam os vídeos nas redes sociais, deixando os internautas revoltados.

*A polícia foi chamada e prendeu a mulher*

O funcionário tentou ir para longe da mulher, mas não conseguia porque ela agarrou sua camisa e não soltava, enquanto continuava falando sem parar. Algumas pessoas chegaram a falar para ela não fazer aquilo, deixar o rapaz, mas não adiantou nada.

Quando o funcionário finalmente se livrou dela, a mulher foi atrás dele e então começou a quebradeira, dando um grande prejuízo para a empresa, sem ligar para o fato de que estava sendo filmada.

Ela acabou sendo presa por homofobia e também por ameaçar e agredir o funcionário, além de ter destruído os equipamentos da empresa.

Carregando...
Botão Voltar ao topo
Fechar